Adriana Calcanhotto

Asas

Suas asas
amor
quem deu fui eu
para ver
você conquistar o céu
observe tudo embaixo
ser menor do que você
como tudo é,
e enquanto arde a coragem
dos desejos seus,
sem véus (proteus)
abra seus poros e papilas e pupilas
à luz da manhã
e muito acima de ipanema
tão pequena tão vã
viva o prazer
o som
o estrondo de uma onda
na arrebentação
enquanto eu piro à sua espera
na esfera do chão


Corregir Letra
Agrega tu opinion de Asas

:(

Ouch! todavia no hay opiniones para esta letra.

Mas opiniones:
Significado de Clandestino (1 )

-